NikkeyBrasil - O site do japonês no Brasil
17/10/2018. Bem-vindo ao NikkeyBrasil. Hoje, com 8327 cadastrados - 32.389.277 visitas
Empresa ou produto:



HOME            
Atividades culturais sobre as artes do sumiê e shodô - 18/09 a 30/10

Fundação Japão promove atividades culturais sobre as artes do sumiê e shodô

Exposição, oficinas e palestras serão realizadas de 18 de setembro a 30 de outubro no
espaço cultural da Biblioteca da Fundação Japão

 
A Fundação Japão, com o apoio da Associação Shodô do Brasil, promove, a partir de 18 de setembro, a mini-exposição Sumiê e Shodô: Expressividades do Momento Singular. A exposição será realizada no espaço cultural da biblioteca da Fundação Japão e ficará aberta ao público até o dia 30 de outubro, com entrada gratuita. Será uma ótima oportunidade para os visitantes apreciarem estes dois estilos tradicionais de expressão artística do Japão.

A exposição recebe este título com a proposta de valorizar uma das características mais marcantes entre as duas artes. São expressões artísticas que não comportam correção nem hesitação no momento da execução, uma vez que as pinceladas não podem ser corrigidas ou ajustadas. Assim, exigem do artista um elevado nível de concentração e fluidez, desde seu preparo até o momento da execução.

O evento também revelará que, além da beleza estética no contraste da tinta preta sobre o papel branco, há diversas possibilidades criativas a serem exploradas nas artes do shodô e do sumiê, tanto em sua forma tradicional, quanto contemporânea.  

Oficinas e palestra
Além da exposição de trabalhos de artistas brasileiros e japoneses residentes no Brasil, serão realizadas duas oficinas, uma de sumiê e outra de shodô, e uma palestra. A oficina de sumiê, em 8 de outubro, das 14h às 16h, será ministrada pela artista Suely Shiba, enquanto que a oficina de shodô, dia 22 de outubro, das 19h às 21h, terá à sua frente a professora da Associação Shodô do Brasil, Monica Terada. As oficinas serão gratuitas, com apenas 15 vagas cada. Para participar, basta enviar um e-mail para info@fjsp.org.br, colocando na linha de assunto "Oficina de sumiê" ou "Oficina de shodô". No e-mail, devem ser informados nome completo, e-mail e telefone para contato. A inscrição em cada oficina deve ser feita separadamente e a idade mínima para participação é de 16 anos.
No dia 15 de outubro, às 19h30, haverá a palestra "Caligrafias Japonesas: entre o shodô e o sho", que abordará um diálogo sobre os rumos da caligrafia japonesa contemporânea, que atualmente se encontra entre o tradicional e o moderno. A palestra será conduzida por Rafael Miyashiro, membro da Associação Shodô do Brasil. Com entrada gratuita e vagas limitadas, os interessados poderão retirar senhas meia hora antes do evento, na recepção da Fundação Japão.

Sumiê

No Japão, o sumiê também é chamado de suibokuga e refere-se à pintura de tinta monocromática. Surgiu na China, durante a Dinastia Sung (960-1279), e foi assimilada pelos japoneses em algum momento do período Kamakura (1192-1333), por meio de monges Zen-Budistas. O sumiê tem suas raízes na caligrafia chinesa, utilizando para a pintura as mesmas pinceladas aprendidas na caligrafia. Sua forma tradicional usa unicamente tinta preta que, na pintura oriental, é considerada a mais alta simplificação de cor. Atualmente, artistas contemporâneos não se prendem mais apenas à monocromia da tinta preta, utilizando-se de cores variadas em suas composições.

Shodô

A caligrafia artística com pincel surgiu na China há mais de três mil anos atrás, sendo ainda hoje uma das artes mais respeitadas no Japão. Quando os japoneses adotaram a escrita chinesa, assumiram não apenas a representação gráfica da linguagem - os caracteres chineses (em japonês: kanji) -, mas também todo o seu passado e tradição. A escrita, em suas origens, era utilizada para fins oraculares, inscrita em ossos e cascos de tartaruga. Ao longo dos séculos, a escrita acompanhou as mudanças sociais, incorporando o desenvolvimento de estilos estéticos.

 

Mini-Exposição

Sumiê e Shodô: Expressividades do Momento Singular

 

Data: de 18 de setembro a 30 de outubro de 2018

Local: Biblioteca da Fundação Japão São Paulo

Horário para visitação: de terça à sexta, das 10h30 às 19h30, e sábados, das 9h às 17h

Classificação: livre

Entrada: gratuita

Endereço: Av. Paulista, 52 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo

Mais informações: (11) 3141-0110 | biblioteca@fjsp.org.br

 

Oficina de Sumiê, com Suely Shiba

(15 vagas)

Data: 8 de outubro de 2018

Horário: 14h às 16h

Local: Biblioteca da Fundação Japão São Paulo

Endereço: Av. Paulista, 52 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo

Classificação: 16 anos

Mais informações: (11) 3141-0110

(Para se inscrever, enviar e-mail para info@fjsp.org.br, colocando na linha de assunto "Oficina de sumiê". No e-mail, devem ser informados nome completo, e-mail e telefone para contato.)

 

Oficina de Shodô, com Monica Terada

(15 vagas)

Data: 22 de outubro de 2018

Horário: 19h às 21h

Local: Biblioteca da Fundação Japão São Paulo

Endereço: Av. Paulista, 52 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo

Classificação: 16 anos

Ingressos: Gratuitos

Mais informações: (11) 3141-0110

(Para se inscrever, enviar e-mail para info@fjsp.org.br, colocando na linha de assunto "Oficina de shodô". No e-mail, devem ser informados nome completo, e-mail e telefone para contato.)

 

Palestra - "Caligrafias Japonesas: entre o shodô e o sho", com Rafael Miyashiro

(30 vagas)

Data: 15 de outubro de 2018

Local: Biblioteca da Fundação Japão São Paulo

Endereço: Av. Paulista, 52 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo

Horário: 19h às 20h

Mais informações: (11) 3141-0110

(Necessário retirar senha (uma por pessoa) meia hora antes do evento)

 
Todos os Direitos Reservados. Copyright ® ABRAON
pagina gerada em 0.1582 segundos.